Transição Energética

Por Nivalde de Castro.

O artigo foi publicado pelo serviço de informação Broadcast da Agência Estado de São Paulo em 2 de janeiro de 2019 (Clique aqui acessar o PDF).

O mundo enfrenta um processo de transição energética profundo e irreversível, expresso por três vetores, os 3 D’s – descentralização, digitalização e descarbonização.

A descentralização refere-se às fontes de geração, com a difusão de novas fontes renováveis associadas em breve a baterias. Esta tendência incluindo a possibilidade de o consumidor ser também produtor, através da geração distribuída, majoritariamente com a utilização de painéis fotovoltaicos.

A digitalização vai possibilitar às empresas do Setor Elétrico concretos ganhos de produtividade, derivados do uso das tecnologias de informação e comunicação. Destacam-se, entre outros, o uso de robôs em processos administrativos e o processamento de big datas com os medidores e redes inteligentes, o que permite o conhecimento, em detalhes, dos hábitos e gastos dos consumidores, abrindo oportunidades de novos negócios.

A descarbonização busca reduzir a participação das fontes fósseis na matriz elétrica, contribuindo para a diminuição do aquecimento global. Outro objetivo deste D, bem mais estratégico, é permitir o aumento da segurança energética dos países desenvolvidos e muito dependentes da importação de recursos energéticos, uma vez que vento e sol são recursos genuinamente nacionais. Um outro componente estratégico vinculado à descarbonização é o desenvolvimento da mobilidade elétrica, a qual irá promover uma mudança radical na indústria automobilística e no Setor Elétrico, com a necessidade de abastecimento de milhares de carros e veículos de carga em um futuro breve, representando uma transição desruptivas do “posto ao poste”.

O resultado do somatório destes três vetores será o aumento da necessidade de geração de energia elétrica na matriz energética mundial e, entre os maiores desafios deste processo de transição energética, três podem ser destacados.

O primeiro é o rápido desenvolvimento tecnológico que vem ocorrendo, com a alimentação e a criação de novas cadeias produtivas, o que permite a redução expressiva dos custos vinculados aos ganhos de escala. O exemplo da energia eólica é bem ilustrativo desta dinâmica e a energia solar segue a mesma tendência. Além disso, em breve, um processo análogo ocorrerá com as baterias, a fim de proporcionar mais segurança às incertezas e instabilidades da energia eólica e solar.

O segundo desafio é no campo das regras e refere-se à regulação do mercado de energia elétrica. É de extrema importância que as agências reguladoras estejam atentas à dinâmica da transição, a fim de garantir um avanço mais rápido e, principalmente, sustentável, através de inovações regulatórias.

O terceiro desafio está no próprio mercado de energia elétrica, o qual está sendo impactado por mudanças estruturais, possibilitando a quebra de barreiras à entrada de novos agentes. Na segunda metade do século XX, os mercados nacionais de energia elétrica eram dominados por grandes grupos verticalizados com inexpugnáveis barreiras à entrada de novos agentes, determinadas pela regulamentação e pelo capital exigido. As reformas para liberar o Setor Elétrico, desverticalizando-o e abrindo a concorrência nos segmentos de geração e transmissão, estão sendo intensificadas pela transição energética. Um exemplo significativo é a ampliação do mercado livre, em detrimento do mercado cativo, com a presença, cada vez mais agressiva, dos agentes de comercialização, apoiados na adoção de tarifas dinâmicas horárias. Nota-se que, na Espanha, é possível trocar de comercializador a cada 15 minutos (!). Este exemplo realça, ainda mais, o papel estratégico das inovações regulatórias.

Em suma, o processo de transição energética, que irá reforçar a importância da geração de energia elétrica como principal provedora de energia para a humanidade é um desafio que abre a oportunidade ímpar de novos negócios. Os agentes mais tradicionais têm uma vantagem competitiva, mas com forte enfrentamento competitivo com players de outros setores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: